sexta-feira, 5 de março de 2010

Alegre, Sócrates e a Língua Portuguesa


A minha avó e eu também passamos horas a "conversar" sobre a premência e o realismo de uma agenda da promoção activa da democracia no Cáucaso e na Ásia Central. Que me lembre, ela nunca foi com a pinta do Karimov.

Sem comentários:

Enviar um comentário