domingo, 28 de fevereiro de 2010

Mais Fantochada

1. Este é mais um exemplo das teias de "intrujice" entre os interesses económicos e os interesses políticos instalados em Portugal. Será preciso muito mais do que uma reforma do sistema político para desentupir e descentralizar os espíritos de tantas interpretação errada do que são a politica e o bem comum.


2. Como é possível que investigadores independentes como estes, inclusive pagos pelo Estado para trabalhar para o melhor funcionamento do todo, nunca tenham sido chamados para averiguar ou acautelar o uso e abusos das obras públicas e privadas. Com tanta construção fora do sítio mas com licenciamentos juridicamente aceitáveis, percebe-se porque é que esses mesmos investigadores nunca são chamados!



video

Sem comentários:

Enviar um comentário